terceira pessoa


Surpreende-me coisas que fazem por onde se transformar. Sabe quando a gente está viajando e para o carro pra esticar as pernas e beber uma água? Parar é se preparar para o novo. É esticar as pernas, tirar a preguiça e continuar. É tirar o esmalte vermelho e passar uns dias sem cor pra que as unhas deixe de ficar amarelas, para depois colocar um verde fluorescente com glitter e que brilha no escuro. É inventar a sua moda, é usar a minha moda. É vestir com um terninho básico de alegria quem perdeu e não está achando a graça de se divertir. Se deixar permitir é um passo pra descobrir o que é ser."

Comentários

Aline V. Melo disse…
tãooo chato ficar adulto... mas o crescimento é importante para o aprendizado!

saudades grandes das brincadeiras inocentes da infância... das aborrecencias da adolescência...

Hoje, responsabilidades... as vezes é bom sair da rotina e fingir ser criança novamente...

Beijinhos

Postagens mais visitadas deste blog

tereza, não ames!

há de se ter um jeito

Carta para o meu avô