e a dança...

No começo, tudo é empolgação. É a vontade de de fazer de qualquer jeito misturada com a preguiça e a conformação de que ainda terá tempo para aprender. O mundo que tem a dança como atmosfera é curioso, intrigante ao ponto de te conquistar de uma maneira forte. Até os movimentos saírem ritmados e naturalmente é necessário repeti-los incontáveis vezes e, por mais que elogios sejam feitos, enquanto não se tiver o domínio sobre o corpo, sempre será necessário mais aulas e mais ensaios.

A dança é um ateliê. E são tantos os que a procuram que o difícil não é ter os instrumentos necessários e sim achar a sua maneira de usá-los. Uma das dificuldades está nessa busca, por isso, muitos desistem e a deixam para trás. Primeiro, se entra na dança. Depois, a dança entra em você e em muita gente. É o seu trabalho moldá-la, explorá-la até fazer dela uma parte de seu corpo. Enquanto isso não acontece, continua-se a dançar e com a primeira dificuldade, o desejo de deixá-la e maior que a insistência que se tenta ter. Insisto nessa busca de uma identidade, de algo que lhe diferencie dos outros bailarinos, justamente, pelo fato de terem muitos fazendo a mesma coisa. E isso não implica na harmonia de um grupo.

Comentários

Anônimo disse…
é como uma sopra no olho.
Anônimo disse…
uma soprada, quis dizer.
Luana disse…
Em uma aula que tive neste fim de semana que passou, minha professora me disse que, eu posso até fazer o trabalho de outra pessoa, o seu por exemplo, mas sempre faltara algo, pois o trabalho era seu e faltou o teu toque. Somos diferentes, e nessa vida por mais que algumas músicas sejam iguais a de outras pessoas, dançamos diferente, pois temos nassas limitações e nosso níveis de fé e vontade.

Belo texto.
Beijos
Cristhianne disse…
"Primeiro, se entra na dança.
Depois, a dança entra em você'

Esse é diferencial ter a dança dentro de você e com ela viver a criaçao, a repetição e a perfeição.

Quem a viu dançar nunca vai esquecer.
Sofia disse…
nuus. é verdade e é muito lindo o que voce falou.
Lêeh Araújo disse…
Hum dança... É Uma arte que poucos e dominam e quase nenhum entende :)
beijs ...
me segui ?
http://umquepebranco.blogspot.com
Sabrina Vaz disse…
~Você pode escolher a dança, mas é necessário que ela também te escolha!

Aii, a dança, a arte é tão complicada... mas tudo é tão simples...

O.O


Beijos

SV

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito