foi até lá fora e se jogou
jogou o peso que insistia em pairar sobre seu corpo
tirou da cabeça as conversas ruins
aquele pesadelo da noite passada
a lembrança do despertador que tocou muito cedo
se jogou e quase voou com a brisa que bateu

e aí, foi dormir.

Comentários

Luana disse…
Quanta leveza.
Aline V. disse…
Esse seu texto me deu a sensação de leveza de paz... mas também me lembrei do moço que se jogou do prédio da previdencia social (em frente ao prédio que eu trabalho) na semana do natal... foi uma tristeza...

=/

Beijinhos

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito