arriscou em mim

Eu me rendo. Nunca me permiti saber o que aconteceria depois que você chegasse mais perto. Você chegou lento. Muito lento. Demorei para notar que você estava ao meu lado. Sempre, tudo foi tão distante. Quando pela primeira vez encostei minha cabeça no seu peito, num jeito acolhedor, não sei o que senti. É não sei. Você nem deve ter notado, tudo continuou parecendo tão normal. Até que você se arriscou em mim. Arriscou-se quando estava mais desatenta. Continuei sem saber o que sentia. Era como se o que pulsa em mim estivesse se moldando ao momento. Tudo estava saindo do ritmo constante que há tempos me movia. Senti sua mão abraçando o meu braço, ouvi a sua respiração falando no meu rosto e falei sem palavras o que queria dizer. Então, nos entendemos.

Comentários

Ana, disse…
ele arriscou amar?
nossa, sem palavras, de tão bonito que foi.
Erica Ferro disse…
Um beijo que falou tudo.

:*
Camilla Angelo disse…
Estive sumida, nunca mais a visitei, saudades...
Mas agora vim e gostei do que encontrei... Bjos
Raquel disse…
Lindo!
Sou sua fã!
Hosana Lemos disse…
entregas recíprocas, sentimentos mútuos.
existe coisa melhor?!


beijos
bozo. disse…
nossa. que bonito e ao mesmo tempo muito intenso. :D
C. Azevedo disse…
E ai, tudo bom?!

Acho que é a primeira vez que eu passo aqui e tenho que te dizer, que por mais que tenha sido meio que sem querer que eu acabei aqui, to muito feliz com o que li.

A senhorita escreve muito bem, e me passou a sensação estranha de que na verdade voce escreveu muito mais do que na verdade estava escrito. Arredo a minha cabeça uns 6cm para trás e parece um parágrafo tao pequeno, compacto, mas que tem muito escrito lá dentro.

Espero que continue assim, escrevendo muito bem, coração.

C.Azevedo
http://ograndeurso.blogspot.com/
Lua disse…
amar é um risco, é um caminho sem voltar, quando se ama, ama para sempre, não existe, um ex. amor...e sim um amor para sempre.
beel, o chapéu tá na puberdade! já tô me sentindo velha por ser tia de uma criança tão grande.. um dia desse foi o primeiro post. haiauiueha
como sempre, tu arrasa!
saudade >< :***
Vanessa disse…
Primeiramente gostaria muito de parabenizá-la pois você escreve muito bem, sabia? Meu amigo me falou do seu blog e eu me encantei com a simplicidade que escreve e da quantidade de informações que nos é enviado com poucas palavras..
Engraçado que a pouco tempo sabia o que era esse "arriscando em mim", e lendo esse post me bateu uma saudade!! Mexeu comigo.. Obrigada pelo o que conseguiu fazer eu visitar!!

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito