Borboletas voam por aqui
e aqui eu tento voar
meu vizinhos de alma me visitam no pensamento.
borboletas tentam pousar em alguma flor
eu tenho uma flor
eu sou uma flor
mas eu não gosto de borboletas
e
e não sei voar
Borboletas não estão aqui por dentro
Não as sinto
Ponho a mão na barriga
e só sinto minha respiração
Indo e vindo
Indo
Seguro o ar lá dentro
Que nem um amor proibido
um coração bandido
e um beijo perdido.
Prender o ar mata?
Não sei, o ar pediu pra sair
E eu deixei.
Podem ir, borboletas.

Comentários

Hosana Lemos disse…
eu tenho borboletas, no estômago rpa ser exata...elas me visitam algumas vezes, principalemnte quando vejo determinada pessoa
;)

ficou liiindo o poema!
parabéns

bjos
eu fui assim na juventude.

na verdade, até hoje sou assim.

ontem mesmo, minha esposa quis caminhar ao pôr do sol. aí, eu falei:

- espera escurecer.
- por quê?
- para andarmos com liberdade.
- quê liberdade?
- dos olhares alheios.
- ã?
- não gosto de gente.
- mas eu gosto de ver gente, e tenho medo de andar no escuro...
- ok, vamos. não quero ser egoísta.
- não, tudo bem; com você, eu caminho no escuro.
- não, não. bobagem minha. tenho de me socializar. vamos. com você, eu não ando sozinho por entre a gente.
ccauan disse…
e se a flores voassem?
e se ela pousassem em borboletas e pessoas tristes?
quantas flores seriam preciso para levantar vôo um cara de 1,80m e 65kg?
se flores posassem em pessoas tristes, quantas voariam?
huehehehehehehehe :P
bejãOo ;D
Fe disse…
tem selinho pra ti!!!
bjs. ;*
Michele disse…
Faz tempo que não sinto borboletas no estômago!
Uma sensação tão boa!

Beijo tortinho pra vc!
Erica Ferro disse…
Adoro borboletas, mesmo. ;*
Juliana Lira disse…
Também tenho borboletas no estômago! Segurar o ar mata deixe-as voar, deixe-as encontarem suas flores.


Milhões de beijos
Lucas Lima disse…
muito bom, tmb tenho certa paixão secreta por borboletas, por senti-las, claro rsrs
bons dias

Postagens mais visitadas deste blog

tereza, não ames!

há de se ter um jeito

Carta para o meu avô