o barco e o soldado

Imagina um barco de papel
Imaginou?
Pode ser um chapeuzinho de soldado também
-
Agora imagina esse barco dentro d'água
Imaginou?
Pode ser também um soldado andando na chuva
-
É a vez de imaginar esse barco com o convés inundado
Imaginou?
Pode ser os cabelos do soldado todo molhado também
-
Dessa vez imagina esse barco carregando sonhos em cada dobradura
Imaginou?
Pode ser também um soldado levando seus sonhos na cabeça, nas mãos e nos pés
-
Está na hora de imaginar esse barco sendo levado pelo vento
Imaginou?
Pode ser também um soldado sendo guiado pela voz que é soprada pelo coração
-
Vai imaginando esse barquinho pesado de tanto água
Imaginou?
Pode ser também um soldado cansado de tanta batalha
-
Imagina esse barquinho afundando sem pressa, afudando, afudando...
Imaginou? Ou tentou salvá-lo?
-
A água desmancha o papel do mesmo jeito que as batalhas ferem o soldado.
-
Se tirar o barquinho muito tarde
Se ajudar o soldado quando não há mais com que lutar
Tudo já terá afundado.
Tudo já terá indo embora.
Para não mais voltar.
Música geradora de tortos pensamentos azuis: Shimbalaiê - Maria Gadu


P.S: o barco sabia nadar e o soldado deixou as armas de lado e foi pra praia ser surfista! xP

Comentários

Erica Ferro disse…
Caraca! Todo dia, a cada dia nova postagem, tu me surpreendes mais.
Tu arrasas!

Não deixemos, pois, o soldado afundar!

Beijão.

P.s: Maria Gadu é show meeesmo.
Caio Timbó disse…
nossa que triste!
O barco afunda e o soldado morre O.o
É melhor ajudar logo!

Ótimo!
marie disse…
Não deixemos que afunde.
Beijo torto
Fernanda disse…
acho que por que além do soldado ser salvo o amor também foi,ai quando se é amor da cabeça aos pés o que importa é ser feliz.
na verdade o barco era um submarino, e o soldado era o surfista desde o começo tirando onda de mergulhador fazendo caça subaquática com arpão.

imaginou?

então sorria!


=D
marcos
Fe disse…
ownnn que lindo isso!!
é uma música?
adorei. *<>*

beeijo.
a pirralha do cabeçalho é tua irmã, né? pois é a cara da filha do meu primo mais velho José Gabriel, a Gabriela.

num dia de eleição, eu quis testar a esperteza vigorosa desta minha sobrinha, e perguntei-lhe em quem ela havia votado, ao que ela respondeu sem pestanejar: "o voto é secreto!"

eu fiquei com cara de bobo.
Kuriozza disse…
Linda imaginação.
Que não deixemos o barquinho nosso de cada dia afundar nesse oceano de desilusões.
Tiago P. disse…
Adorei. Soldado...

SOldados são uma invenção desnecessária, que ninguém valoriza. Mas é uma função linda. Nem que seja apenas de chumbo.

Nossa, viajei.
ccauan disse…
huehehehehehehehehe
e esse soldado sabe fazer barquinhos de papel? ;P
beijãOo

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito