texto dos outros!!

Não tente me encontrar em minhas palavrasbusque vocêNão tente me descobrir em minhas metáforasouça o que vibra em vocêNão tente entender minha poesiaEssa é a minha droga, a minha utopiaEssa é a minha toca, a minha abadiaa minha morte, a minha alegriaEsse é o meu delírioNão me reduza a uma sopa de letrasnão me traduzaNão me seduzaNão me encomende desculpasNão me comenteNão se contenteNão critique meus pontosentenda que são apenas contosNão simplifique os entornosolhe pra dentroNão classifique os pronomesNão troque os nomesNão adjudique os sentidosNão esclareça os perigosQuando me ler, ouça vocêSe não fizer sentidoaceite minhas desculpas pelo tempo perdidoMinha poesia transcende a mimMinha loucura espalha o carmimMinha caneta tem vida própriaMeu silêncio entorna, derrama, exclamaMeu desespero não é meué apenas a reverberação da tua almaMeus textos não deviam ser levados a sériosaem porque latejamescorrem rápidosem tempo de censurasem lógica e sem mesurasem ética, sem torturacomo um desejoquase um lampejoum alívioum gozoSaem porque tem que sercaem porque são pesados pra ficar no artocam quem têm que tocarSou apenas um meiotenho apenas um veioAqui não amo, nem odeioNão me confunda com o que lêApenas leiaNão interprete, sintaNão me pergunte, intuanao me respondaFaço porque gostopelo simples prazer de acabarpelo simples voarpelo simples voltarpelas distâncias que percorro pra chorarpelas nuanças das frases, das crasespela alegria, pela covardiapela parceria"O Poeta é um fingidor"o leitor é um caçadoro poeta menteo leitor senteo poeta seduzo leitor consenteo poeta exagera, aumentao leitor pondera, acrescentao poeta é falso, se corrompeo leitor é livreo leitor é um voyeurvibra, ama, chora, coragrita, despreza, toca, sufoca...lê...caminha...em uma única direção...a de si mesmo

.
.

meus olhos pesam como trinta elefantes

Comentários

Caio Timbó disse…
Se estivesse em versos não seria mais perfeito!

Bjo!!

Postagens mais visitadas deste blog

tereza, não ames!

há de se ter um jeito

Carta para o meu avô