pra peeensar mais.

Calma, aqui vai o remédio para quem se entortou pensando nos enigmas. Lá vai as respostas:

- Enigma da corte: Um baralho de cartas!
-Transparente: A janela (essa é fácil! haha)
-Viajante misterioso: O selo postal (pensei até dormir e não descobri)
-Palavras em fúria: "Língua". Está é a terceira palavra que compõe a nossa língua.
- Cor misteriosa: amarelo (muitoo beeem, caio!)
-Par perfeito: Elas são duas de trigêmeas!


Tou um tanto que viciada nisso, mas descobrir sozinha é de deixar o juízo desesperado.

-Pedido mortal
A mulher pediu ao marido que fizesse algo para acabar com seu tormento, mas quando ele fez, ela morreu. Por quê?

-Questão de túmulo
Três coveiros cavaram, juntos, dez covas, mas nenhum homem cavou mais do que três. Como é possível?

-O que os seguintes itens possuem em comum?
-Um mão fechada
Uma cabana na serra
Um par de luvas
Uma tapera
Um oragotango

-Charada
Metade de nove é quatro. Metade de doze é sete. Qual é a metade de treze?

beijo torto ;)

Comentários

Paulo Tamburro disse…
IZABELLE, poelo amor de Deus eu quase enloqueci, tentanto resimver estas pegadinhas.

Você me lembra uma amiga que me pediu para escobrir-lhe o ponto G dela.

Depois de 30 minutos de explicação, eu fui obrigado a dizer a ela que tinha esquecido meu bisturi em casa.(rsrsrs).

Um abração e obrigado pelos seus apoios ao meus blogs.
Caio Timbó disse…
1°) Ela pediu para morrer?
2°) Um dos coveiros era mulher
3°) A letra "A"
4°) 8?

Yes! pelo menos o amarelo o/
Bertonie disse…
Meu, eu errei absolutamente TODAS que eu tinha respondido, hihihihi. Amagad...

Enfim, bamos as respostas...

PEDIDO MORTAL: Ela tava meio que em estado vegetativo, em coma ou sei lá o quê, e tinha pedido pro marido pra acabar com seu sofrimento. Fim (:
QUESTÃO DE TÚMULO: Um dos coveiros era mulher (roubei do carinha aí de cima :D).
O QUE ESSES ITENS TEM EM COMU?: Num faço ideia.
CHARADA: Oito, óbvio.

HAAA, acertei todas num foi?
Cadê meu prêmio?



beigos mil
Isabelle,

sim, o Caio Timbó parece que já acertou tudo!

só uma retocada na 2: "ao menos" um dos coveiros...

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito