se.


Se você acordar atrasado, levante-se rápido e culpe o despertador, irá passar.
Se você acordar com dor nas costas, movimente-se , irá passar.
Se você acordar preocupado, tome um banho muito gelado, irá passar.
Se você acordar com dor de cabeça, durma novamente, irá passar.
Se você acordar com a perna dormente, espere deitado, irá passar.
Se você acordar com sede, beba água, irá passar.
Se você acordar triste, não ligue a televisão, irá passar.
Mas..
Se você acordar disposto, desligue o ventilador e vá fazer alguma coisa logo, para não passar.
Se você acordar feliz, faça o que você quiser, para não passar.
Se você acordar com sono, nem se levante da cama, para não passar.
Se você acordar relaxado, não use roupas pretas, para não passar.
Não sei se irá passar, mas...
Se você acordar, agradeça, um dia irá passar.
-Isabelle Cristhinne
.
.
.
Passado bandido do chapéu. Quando li novamente, tomei até um certo susto e me perguntei: eu que escrevi isso? Foi.
beijo torto!

Comentários

Thiago Assis disse…
"Se você acordar com sono, nem se levante da cama, para não passar."

Nossa, adorei essa sugestão ^^ na próxima farei isso e direi para minha mãe: "Minha amiga do blog que disse para eu fazer desse jeito" ^^
Não vou dizer teu nome pra ela pra nao te comprometer
uhahuauhahuhuauhauhauhuhauhahuauh

^^


Thiago Assis
www.thiagogaru.blogspot.com
Ao escrever esse texto, talvez não tenhas tido pretenção alguma; contudo, causou-me espécie ao remeter-me a Bandeira, mestre tanto na métrica rimada quanto no verso-livre, de modo que quero crer tratar-se de um poema para leitores do século XXI.
O tom é otimista, mas, no fim, vem uma IRONIA FATAL: a consciência da Morte, pensamento singular à pessoa humana. Esse derradeiro verso tira todos os seus companheiros do humorismo gratuito, e mergulha subitamente o poema na abissal e perene universalidade da literatura de ideias.
Lucas disse…
Adorei o texto hehe simples porém prende atenção hehe quem é que não aocrda sem saber o que vai fazer antes mesmo de se levantar da cama hehe esse é um guia muito bom!

hehe ahhhhhhhh foi você que escreveu isso sim senhora hehe

bjxxx
Thaís Motta disse…
Adorei !

muito bom mesmo !
Renam Timbó. disse…
Super adorei. Você me fez pensar. :*
Agora reparei no título, igual ao de um poema muito conhecido de Rudyard Kipling, poeta inglês falecido em 1936. Seu poema IF teve boa tradução em alexandrinos rimados pelo vate paulista Guilherme de Almeida; talvez você conheça o texto ao qual me refiro.
Lili disse…
hahahah não acredita que pode escrever coisas boas é??? ficou muito bom!!!

beijokassss
Tu gostas dos meus comentários porque eu realmente leio, e realmente me esforço para tecer um comentário à altura da tua produção.
Comentários do tipo HASHSHUSHU , dão a impressão de que o vivente não leu, ou, se leu, não pertence à espécie humana.

paz e bem
Marcos
Tiago P. disse…
Não concordo com td q vc escreveu, mas ta perfeitao. Gostei mto.
esse post tá TU-DO!

Ameii !!!
Gostei da sugestão do Thiago Assis !

rsrsrs

Beijoooss, está de parabéns !

( Lêe Oliveira - http://oleeh.blogspot.com )
Gabriela disse…
teu blog é um dos melhores que já vi, sem dúvida. vou acompanhar diariamente :)
Camilla disse…
Quem disse "meu passado me condena" certamente não se referia a você...

Lindo!!

Beijos
.moony. disse…
hallö o/*
thanks pelo comment no status ^^
cara, acordar com sono é phóda i.i
e acordar feliz... é raro xD~ (nossa, q deprimente xD~), então aproveitemos qnd acontece xD
e passado de blog... rsrsrsrs a gente nunca se reconhece nos posts mais antigos xD
bju
teh +
o/*
.moony.
Bárbara Fróis disse…
Hahahahaah adoreii! Muito criativo, ficou muito bom! Bejos
Céu disse…
Ás vezes dá a impressão de que as coisas escorregam pelas nossas mãos.
E parece que por mais que a gente se esforce para não passar, passa.
E eu quero algo que não passe.


Lindo.
Smiri disse…
Por isso que gosto dos textos tortos desse chapéu torto! rsrs
Aline disse…
Ficou lindo!Parabéns!

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito