Hoje, uma menina disse-me que eu era a pessoa mais indecisa que ela conhecia. Se, para ela, gostar de muitas coisas ao mesmo tempo for indecisão, admito, sou indecisa; se for o sentimento de angústia e insegurança que percorre os nervos deixando uma pessoa incapaz de tomar uma atitude e ficar convicta de que fez a escolha certa naquele momento, afirmo, com uma grande certeza, não sou indecisa.
Indecisão é algo momentâneo; até o último minuto busco boas justicativas para escolher tais coisas, deixando-me responsável por achar alguma razão que deixe a balança mais pesada de um lado. É o que é sentindo quando uma decisão precisar de tomada; quando entre tantas coisas precisa-se escolher apenas uma; quando se tem que decidir para onde ir. Porém o fato de escolher algo primeiramente não apaga a possibilidade de se fazer o que foi deixado para depois. Escolher demais, também não chega a ser sintoma de indecisão; passar horas escolhendo uma roupa pode ser sintoma de impaciência em ir trocar a roupa e não sintoma de uma doença compulsiva e neurótica que deixa as pessoas impossibilitadas de escolher a cor de uma farda de médico.

Por isso, não me considero indecisa. Digamos que eu tenha uma multiplicidade de gostos que insistem em aparecer simultaneamente me deixando com dúvidas acerca do qual irei escolher; e se precisar escolher, não me incomoda ter mais de uma coisa pra gostar, fazer e concluir. Não irei negar aquela sutil tristeza que sinto ao tomar uma decisão. Mas isso só aparece antes; depois de escoher, decidir e fechar os nós, esqueço por um tempo o que tive que renunciar, para não ter perigo de virar assombração quando a bendita escolha não estiver dando tão certo e começar a entortar minhas vontades. Dizem que Deus escreve certo por linhas tortas...deve ser o papel; vou comprar uma caderno de pauta para ele.

beijo...reto, pautado, meio torto, não sei.

tava sentindo falta de escrever sem partes aqui.

Comentários

Cris disse…
Belle não é uma pessoa indecisa, ela simplesmente tenha varias maneiras de analisar um assunto ou objeto e essas analises ... so ela entende.

Otimo texto !
H.Riedel disse…
É, você está certa.
Fiuza disse…
Indecisão é quando não se sabe o que quer, não sabe o que é melhor para si, nem o que tá sentindo. Indecisão é algo constrangedor!

Sustento o que a Isa disse, sei muito bem como é isso!

Só num entendi a conexão da figura com o texto!

Beijo, Isa, moça linda!!
m.milena :) disse…
se for assim eu também não sou indecisa.. e também nao me incodo de gostar de um monte de coisas e ter um monte de idéias tudo ao mesmo tempo! é louco, é legal.

nao entendi a gravura tbm nao, mas achei linda e alegre!

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito