Tem hora que as palavras ficam tímidas, sem graça.

Vendo essa minha foto, percebo como minha vida é besta hoje.
beijo torto!







Comentários

Fernanda Alpin disse…
Pô, o Chapéu tá lindíssimo! :D
E em relação a essa foto...
Hum...
Você não viu as minhas!
Beijos, Bel! :*
bozo. disse…
ser criança era mais feliz.
sorte que tu ainda é criança, pelo menos nas loucuras. heauehua =P

beeeijo maluca; ;*

pS: "Pô, o Chapéu tá lindíssimo! :D"
fui eu que escolhi, podem agradecer a mim. heaueahuehuea =P
Mayara Cristine disse…
Sorte mesmo que tu ainda é uma criança, a felicidade em forma de gente! As crises da puberdade são normais, as vezes... aaah, é tudo culpa do stress pré-festival, jaja passa. beijo inspiração :*
Avilla Filho disse…
Isso na teu traseiro são um monte de areia?

Postagens mais visitadas deste blog

tereza, não ames!

há de se ter um jeito

Carta para o meu avô