O cachorro pequeno diz:
"-Ei tem uma menina olhando pra cá já faz um tempo. O que será que ela quer?"
O cachorro grande, se levanta:
"-Ei menina! O quer olhando para nós?"
"-Não, nada. Só estou olhando."
"-Me desculpe. Por ter essa cara de valente, quase ninguém se aproxima de mim"
"-Não acho que você tenha cara de valente, lhe achei tão simpático."
"-Sério?"
"Sério. Vocês são amigos?"
-"Somos. Apesar de seu tamanho, ele é meu grande amigo. Deixa eu te contar um segredo: ele que conversa comigo, fica ao meu lado quando alguém me olha com cara de 'como um cachorro desse fica solto' e aparece quando eu fico só."
"-Mas ele é tão...tão fraquinho."
"-Você está certa. A força dele pode não lhe assutar e até não lhe machucar muito. Eu também sou fraco. Não usamos força para nos abraçar. Não usamos força para nos divertimos (só de vez em quando, mas é so brincandeira. E eu sempre deixo ele ganhar). Não precisa ter força para se ter um amigo."
A mãe da menina a chama apressada.
"-Tchau, preciso ir! Foi bom conhecer vocês. Espero lhe encontrar mais vezes"
Antes de ir embora, a menina bateu uma foto.
-Isabelle Cristhinne.
.
.
.
Aprendi que gostar é a melhor forma de ter. Então, tenho todos os cachorros que vejo e gosto. Esses conheci hoje. O grande me encarou, e no final do encontro até pareceu me dar um sorriso de lembrança. Não sei, pode não ter sido, mas pareceu. Antônio e Martins, são os nomes deles.

Comentários

Jonathan Silva disse…
Só para t lembrar que tu tem razão!
em um abraço não fazemos força alguma,nem para arengar fazemos né?!as coisinhas no joelho que me falem ehehhehe!
ah!gostei do boxer ai...lindo ele,a maioria deles por si,já tem o ar desse belo sorriso!;p~
Xerú Bel!
ótima semaninha!

e para os grandes ai,AuAUuAUuAUu né não!?hahahaha...
Vce tem um zoólogico em casa né?
kaoskpoaksopkaoskaopskasopa
Avilla Filho disse…
Queria ter esse gosto e afinidade tão refinados teus com os animais, sinceramente, só conversei com um cachorro uma vez na vida, era um grande pastor alemão chamando luan e sinceramente, meu estado alcoolico não era dos melhores, mas a conversa com ele foi mais proveitosa do que a conversa que eu tenho com inumeros homo sapiens sapiens.

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito