Coração que responde as angústias de quem o procura
Mãos que trabalham arduamente para impedir a queda de uma lágrima
Olhos frios, porém bondosos que indicam o caminho na hora da dúvida
Braços que aquetam o espírito daqueles que os buscam
Mesmo um mar de palavras
Deixaria imcompleta esta composição
Nem mesmo o grito de uma multidão
Nem mesmo uma multidão substituiria a mulher que te lançou no mundo.
-Isabelle Cristhinne


Mais um texto achado pelos cadernos.
beijo torto!

Comentários

Fiuza disse…
Nessas horas o cérebro tenta continuar, mas não tem jeito, ele simplesmente pára! O.O

Postagens mais visitadas deste blog

tereza, não ames!

há de se ter um jeito

Carta para o meu avô