Abstrato, ou quem sabe...




Abstrato, ou quem sabe, sem nome, sem descrição, desconhecido, intocável, momentâneo. Passa-se a vida recebendo manuais de como proceder em certas situações. Passa-se a vida escutando que sem ele não dá. Não dá? Pessoas teimosas, atrevidas, que não temem um desafio, ao escutar isso, sentem uma compulsória e fria vontade percorrendo no sangue de que é possível sim. E logo, começa-se uma batalha cruel, desgastante, uma luta intensa contra qualquer vestígio que possa causar uma suposta rendição. Quem foi que disse não dá? Quem foi? A ânsia de conseguir é a crista de seus pensamentos.
Ei corajoso, não quero te desistimular, mas, digo-te, é uma luta perdida. Enquanto tu lutas empenhado, ele te corroe por dentro, te despedaça aos poucos calmamente, sem força. Infeliz continuarás sendo tu. Porque, para ele, isso não é luta. Já está até acostumado com tantos sófregos tentando o derrotar.
Escutou-me, foi? Agora, tu irás sofrer com o medo. Medo não, angústia. A angústia de ser derrotado novamente, de se render fácil, numa luta desigual. De ter a alma ameaçada de expulsão. Calma! Não me apareçe louco agora, sossega, tem jeito. Mesmo tendo o atingido com tanta agressividade, ele não guarda mágoas, não alimenta vingança. Peço-te: senta. Senta e não pensa em nada. Permita que algum som, que não seja de espadas, acabe com o escuro e o silêncio do seu desespero. A coisa, que chamam de amor, neste instante, te fez um vencedor e esqueceu tua sina de adversário.





-Chapéu, meu filho, tem hora que a auto-ajuda, a sina 'vamos orientar a nação' toma conta de ti né? Doido.

beijo seu torto

Comentários

O Profeta disse…
Uma rosa breve
Uma hortênsia de alva cor
A terra molhada pelo sereno
Nos celeste paira um Açor

A madeira verde, a dança do fogo
O embalo do loureiro no vento, o alecrim
Um ribeiro de inquietas águas
Levam o perfume das mágoas em viagem sem fim


Convido-te a sentir a minha paleta de aromas


Mágico beijo

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito