conversa de nada com coisa nenhuma.

-Qual seu nome?
-Meu nome é Beatriz.
-Ai, para quê tudo isso. Bastava ter dito: Beatriz
-Ora, você usou um pronome possessivo na 3ª pessoa - seu - e eu lhe respondi usando um pronome possessivo na 1ª pessoa.- meu. A resposta está completa.
-Eu sei, mas é preciso ser objetiva. Do jeito que está, querida, temos que economizar até palavras. E não venha dar uma de adolescente gramaticalmente correta.
-Não disse nada demais!
-Não disse nada demais? Disse três palavras a mais! Se tivesse dito apenas Beatriz, eu já saberia que era o seu nome. Sua resposta foi um grande pleonasmo! Que nem Fernando Pessoa nos versos: "Ó mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal". Viu? Um grande pleonasmo! O mar sempre foi salgado! Se o mar não fosse salgado, seria uma garapa de água com açúcar e seria o pseudo-calmante mundial!
-Como é, criatura?! Posso até ser uma adolescente metida a espertinha da gramática, mas você é um louco psicótico, incomodado e miserável!
-Tudo bem, vamos fazer novamente. Como você se chama?
-Eu me chamo Beatriz.
-Não! Não! Quanto exagero! Quanta soberba! Você precisa urgentemente de um exorcista!
-Exorcista???!
-Pra tirar o demônio do desperdício de sua boca! Sua cordas vocais tem salvação! Tenha fé, tenha fé!
-Minha fé está toda concentrada na parte do meu cérebro que está pensando em uma maneira de sair correndo daqui!
-Não estou sendo uma boa companhia? Me desculpe, costumo falar demais e isso inibe as pessoas.
-Eu não estou inibida!
-Só "Não estou inibida" é o necessário. A conjugação do verbo mostra qual a pessoa do verbo. Nesse caso, 1ª pessoa do singular. Como só tem você aqui, o 'eu' é você. Oculte o 'eu' sempre que puder, garota. Economizar sempre para deixar a conversa mais leve e agradável.
-Você não é agradável!
-Nossa! Que falta de educação. Irei perguntar novamente para ver se você aprendeu: Quem é você?
-Eu sou a Beatriz.
-Você sabe me irritar como ninguém!
-Obrigada. E qual seu nome?
-Pedro Paulo Pontes Pinheiro da Ponta Preta.
-Para que tudo isso??! Nunca que vou te chamar de Pedro Paulo Pontes Pinheiro da Ponte Negra.
-Ponta Preta!
-Ah! É a mesma coisa!
-Mesma coisa? Minha mãe decidiu meu nome muito antes de conhecer o meu pai, Pedro Paulo Pontes Pinheiro. Mas, para homenagear o lugar que nasci, mamãe incluiu Ponta Preta. Antes que pergunte, nasci dentro de um carro, no engarrafamento na Ponta Preta.
-Ainda bem que você explicou, imaginei que fosse por outra coisa...
-O que está insinuando, menina?!
-Bastava ter dito Pedro! A cada palavra que você pronuncia suas cordas vocais trabalham o equivalente ao cansaço de uma corrida de 20m. Seu nome equivale 140m de cansaço!
-Isso é verdade?
-Não sei, mas eu tinha que falar alguma coisa. Não queria falar o que estava insinuando...É meio pessoal.
-Hãn?
-Preciso ir.
-Já?
-Já.
-Até.
-Quando?
-Nunca.

Comentários

Amanda Luíze disse…
Meu Deus! depois dessa não quero ver uma gramática perto de mim! kkkk
Muito bom.

Beijão
pleonasmo é uma palavra pernóstica para redundância?
Clara Silveira disse…
Tem um meme pra você no meu blog, aliás perdi a senha do antigo e esse é o novo, http://fundodemelecas.blogspot.com/ até mais :*
Thiago Maia disse…
Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah que engraçado!!!!!!

A-M-E-I

Que diálogo bacana. Não sei se fico do qual lado: falar certinho ou simplificar!

Enfim, ótimo!!!

Beijos!

=***
Aline V. disse…
amei amei amei amei...vc é master criativa! adoro seus textos! =p

beijokas
Bertonie disse…
HAHA' Concordo com o Pedro Paulo. Em tempos de crise, precisa-se economizar, né?! Saudades tuas, aparece-me logo ;D
Agora essa insinuação dela é MUITO bizarra, hm
beigos mil
Camilla Angelo disse…
Amei o texto, ri que só( e nem peixe eu sou!)
Bjo
Tiago P. disse…
Hahahahaha... adorei.
Me identifiquei muito com esse cara chato.
YullyAngel. disse…
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ler isso foi otimo! rs


bjim
letícia akemi disse…
hudsfihfsduifhsduifshd, muita criatividade.

adorei.
bia e gabi disse…
hheuheie, infelizmente (ou não) me identifico mais com o Pedro .--.
beijos, parabéns pelo blog, gabi.
Camillananda disse…
adoreii!!pra economizar nas palavras ;D
bjuss
tow t seguindo!!

Postagens mais visitadas deste blog

Carta para o meu avô

tereza, não ames!

há de se ter um jeito