Gravidez

-Pai...
-Oi, filha.
-Pai, é...
-O que foi? Está tremendo. Sente aqui e se acalme.
-Pai é que eu estou...
-Doente? Você sempre teve medo de hospital, minha filha. Deixe eu ver se está com febre.
-Pai, não estou com febre! É que...
-Maria Júlia...
-Estou grávida, pai. Pronto, disse.
-Grávida, Maria Júlia?
-É, pai, grávida! Tem uma pessoa dentro de mim!
-Maria Júlia, quer dizer que vou ser avô?
-É, acho que é.
-Filha, que felicidade!
-Felicidade, pai? Tenho 16 anos, não terminei o colégio, tive relações sexuais com um cara que o senhor não conhece e estou grávida! Pai, isso é uma tragédia!
-Tragédia, minha filha? A vinda de um bebê é um presente. É uma vida que vai nascer. Seu primeiro filho, Maria Júlia!
-Pai, acho que o senhor não entendeu! Se liga, eu estou grávida! Grávida, pai! Grávida!
-Já escolheu o nome? Ah, não! Não se sabe ainda se vai ser menino ou menina. Meu neto nem nasceu e eu já estou bobo.
-Pai, o senhor está bem? O senhor sempre me disse que sexo é só depois do casamento!
-Março, abril, maio...
-PAI!
-Espera, menina, não me atrapalha. Você está com quantos meses?
-Dois.
-...agosto, setembro! Ele vai nascer em setembro, Maria Júlia! No mês do meu aniversário.
-Pai, escuta! Sou sua única filha, estou grávida e provavelmente vou ser uma mãe solteira! E o senhor está preocupado com o mês que a criança vai nascer?
-Mas é claro, Mária Júlia. Essa criança não vai ficar para sempre na sua barriga.
-Pai, eu não estou brincando.
-Não?
-Maria Júlia, você não está é gorda?
-Não, Pai. Quer ver o teste? Comprei na farmárcia aqui da rua. O homem lá disse que não tem erro.
-Maria Júlia!!!! Pensei que fosse mais um treino do seu curso de teatro!

Comentários

JotaChaves disse…
Quase que eu fico na merda. rs
Mas acabei ficando. Estava achando uma história improvável, aliás, vc está seguindo essa linha de improbabilidades. Mas no final, o final acabou sendo realmente improvável. rs Legal. Me pegou na piada também.
Amanda disse…
eeeeeeeeeeeei.. eu boleeeei de rir oh.
auhahuhuahuauhauhahua
só tu mesmo beeel.
ow saudade ;~~
amo tanto, mana.
Isabelle,

vc já pode escrever uma peça de teatro em parceria com o Falabella e o Verissimo juntos, minha filha!!!
m.milena disse…
kkkkkkkkkk.. só tu mesmo, hein! :DD
Amanda Luíze disse…
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk muito bom, muito bom!

bj

Postagens mais visitadas deste blog

tereza, não ames!

há de se ter um jeito

Carta para o meu avô