maçãs

A maçã não era o fruto proibido. Proibidos estavam os dois lá de comer a maçã. Um ato definindo o duradouro adjetivo de uma coisa. Meus pais sempre que voltam do supermercado, quase sempre, trazem um saco cheio de maçãs. Minha mãe as coloca numa vasilha dentro da geladeira, já lavadas. A única proibição é a de comer maçã, ou qualquer fruta, antes de lavar com água e vinagre. Depois disso, as maçãs estão totalmente liberadas. Podem ser comidas ao acordar como parte natureba do café da manhã; antes do almoço para enganar a fome; depois do almoço como sobremesa; durante o lanche da tarde para não ficar de barriga vazia; na janta no meio da salada e de madrugada para não acordar com tanta fome. Enfim, maçãs podem fazer parte da sua vida. Basta plantar um macieira ou, então, comprá-las.
Entre uma banana e uma maçã, prefiro a banana. Entre um kiwi e uma maça, prefiro o kiwi. Entre uvas e maçãs, prefiro as uvas. Não gosto muito de maçã, na maioria das vezes. Só em casos específicos. Hoje, foi um dia específico. Com fome, abri a geladeira e encontrei três dentro de um pote. Escolhi a menos madura, peguei doce de leite, uma colher e me sentei. Todas as mordidas, até o final, eram acompanhadas de doce de leite. Não me deixo ser levada pela simples presença de maçãs. Só as como, quando sinto-me desejada por elas, quando fico ansiosa por sentir seu gosto na minha boca. Quando isso não acontece, passam despercebidas pela minha fome. Não são tão macias quanto mangas e ainda fazem barulho quando se mastiga para se comer sem motivo. Não importa o grau de simplicidade do motivo, o achar a cor de uma maçã bonita já é motivo para devorá-la!
Maçã não tem cara de suco, nem de sorvete, nem de mousse, nem de recheado de biscoito. Maçã ou tem cara de maçã, ou de torta de maçã ou de maçã do amor, da amizade, do que seja, o importante é estar caramelada. Fim, então o chapéu vai começar a ter cara de maçã e ele nem gosta tanto delas.

Comentários

O hardware só tem significado com o software.

=D
Marcos
YullyAngel. disse…
MAra, são meio sem graça.
MAs as vezes tem seu valor no meu apetite!
Experimente elas com BRIGADEIRO.
muito bom...
BJu
MAÇÃ

Por um lado te vejo como um seio murcho
Pelo outro como um ventre de cujo umbigo pende ainda o cordão placentário

És vermelha como o amor divino

Dentro de ti em pequenas pevides
Palpita a vida prodigiosa
Infinitamente

E quedas tão simples
Ao lado de um talher
Num quarto pobre de hotel.

Manuel Bandeira

.
Tiago P. disse…
Tbm as acho sem graça, mas fiquei com votnade de comer uma agora.

Não sei se vc se lembra, mas fiz um post sobre as maçãs... E concordo com vc qdo diz q elas sao sem graça e nao mto uteis na preparacao de doces. Não tinha atentado a isso.
Lembro bem...de um momento que ela me foi bem eficaz.estava com um dente mole,e não queria usar nenhum método para arranca-los.Foi ai,que uma bela maça sem graça tirou meu primeiro dente.Nem doeu mas fiquei bem meia hora rindo com uma baita de uma JANELINHA...imagine um dentão cravado na maça e vc não conseguindo tirar...:p~
gostei do texto.bom vr que exploras bem os 5 sentidos conhecidos pelo o homem.
beijão.
Diana Valentina disse…
não gosto muito de maça não, só como mesmo quando a fome não faz certas escolhas. rs.
=*
João Medeiros disse…
A sua imagem de exibição resume o universo.
Lili disse…
adoro maçãs...e essa é uma frutinha que nunca falta lá em casa...rsrsrs

beijinhos

Postagens mais visitadas deste blog

tereza, não ames!

há de se ter um jeito

Carta para o meu avô