Estou no meu segundo dia e minha relação com o bonitão do chapéu aqui está bem íntima. Ele tem uma cara de papel velho, de tecido brega e antigo. Um arraso, porque acaba contrastando com a facilidade de escrever errado e segurar um botão por alguns segundos para apagar e fazer denovo. Logo eu, que sempre perco borrachas e só uso as dos outros, principalmente a do meu amigo bozo (ei não é o palhaço não, é meu amigo mesmo)!, essa facilidade nunca deve deixar de existir!


Agora tenho companhias super legais aqui http://mudandocomigo.blogspot.com/ e http://www.patetiando.blogspot.com// e um trato também. Não vou dizer em voz alta porque...porque eu não quero. Ia dizer que dava azar, mas eu não sei se dá azar e se der, eu não disse mesmo.

Comentários

Mayara Cristine disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Mayara Cristine disse…
BMB... que essa parceria dure por muito muito muito tempo! E é melhor não dizer mesmo, vai que dar azar, né? E isso é o que a gente menos quer, pra nossa amizade, pra nossa vida, e pro nosso ramo amoroso também, diga-se de passagem. Poisé, boto fé nos nossos blogs e no nosso trato! Se Deus quiser eles tem futuro! Amo você, algum dos B do BMB! ;@ (L)
bozo. =D disse…
olhaaa, a maluca falou de mim.
*-*
heauaehuaehae \o/

beell adorei teu blog... q dure beem mais q os outros. =D
se depender de mim vai ter um leitor frequente. =D
;*
Babi =) disse…
Eu prefiro fazer contas, mas gostei da experiência de escrever. Tenho que confessar que tenho um blog pré-histórico nas últimas folhas do meu caderno, até que são pensamentos bem legais, mas por vergonha de deixá-los sair me escondi atrás dos números. É, talvez esse negocio de blog me ajude :) auhsiueua, gostei do BMB, parace nome de banco. talvez seja um sinal que iremos ficar ficar escrevendo, aiuheiuea.

Postagens mais visitadas deste blog

tereza, não ames!

há de se ter um jeito

Carta para o meu avô